Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Pesquisa vai indicar clima escolar da relação ensino-aprendizagem no câmpus Suzano
Início do conteúdo da página

Pesquisa vai indicar clima escolar da relação ensino-aprendizagem no câmpus Suzano

Publicado: Segunda, 27 de Mai de 2019, 10h45 | Acessos: 728

Estudantes, professores, coordenadores e diretores do Câmpus Suzano terão a oportunidade de colaborar para a primeira pesquisa de clima escolar envolvendo a relação ensino-aprendizagem aplicada no IFSP. Os estudantes do ensino médio integrado ao técnico; técnico concomitante/subsequentes e do ensino superior poderão acessar o link disponível na área do aluno no portal do Câmpus . Os professores receberão o link de acesso no e-mail institucional.

Para validar o TOKEN, o usuário deverá digitar o número do seu prontuário no formato: SZ1234567

Baseada no instrumento validado pelo GEPEM (Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Moral – UNESP/UNICAMP), a pesquisa contemplará as seguintes dimensões de avaliação: As relações com o ensino e com a aprendizagem; As relações sociais e conflitos no câmpus; As regras, sanções e a segurança no câmpus; As situações de intimidação entre os alunos; Família, comunidade e câmpus; A infraestrutura e a rede física do câmpus; As relações com o trabalho; A gestão e a participação.

De acordo com a coordenadora da pesquisa, Marcelle Barros, psicóloga do câmpus Suzano, as percepções de todos os participantes com relação ao ambiente escolar serão conjugadas e comparadas. Pretende-se com os resultados, mensurar o que está dando certo e também o que precisa ser melhorado na instituição. Seguindo recomendação da literatura científica da área, a ideia é que a pesquisa ocorra periodicamente, como uma forma de acompanhar o processo educacional e subsidiar estratégias de intervenção nas dificuldades apontadas. "Para um 'retrato' mais próximo da nossa realidade no câmpus, é importante a participação do máximo de respondentes e também que o façam da forma mais sincera possível, considerando os acontecimentos dos últimos três meses. Vale lembrar que as respostas são individuais, anônimas e confidenciais", explica.

registrado em:
Fim do conteúdo da página